1080 milhas da Tailândia ao Sri Lanka

Depois de já meio planeta navegado encaramos uma travessia de 1000 milhas com um misto de resignação e de atração. Se por um lado ter de permanecer num pequeno espaço, isolados de tudo e de todos, rodeados por um horizonte azul ininterrupto nos priva de tanto, por outro lado oferece-nos algo cada vez mais raro e especial – o tempo!

Navegar em mar alto dá-nos o tempo para apreciar a paisagem, que longe de ser monótona, se revela relaxante e surpreendente, seja com a visita de enérgicos golfinhos, com o deslumbrante plâncton que se ilumina à nossa passagem deixando o mar mais estrelado do que o céu, com um arco-íris ou com incríveis nasceres e pores do sol que contemplamos com devoção. Tempo para a euforia, quando apanhamos um peixe, seja de que tamanho for, ou quando ouvimos uma música que não tocava há muito tempo. Tempo para o desanimo, quando o vento desaparece ou não sopra de onde precisávamos. Tempo para o desespero, quando surge mais uma avaria neste nosso Benyleo já maior de idade… Tempo para estarmos sozinhos ou unidos como em nenhum outro lugar!

Seja por tudo isto e pela incrível capacidade de adaptação do ser humano já nos sentimos atraídos por estas longas travessias. Os turnos já deixaram de ser aquele exercício penoso e cansativo para se tornarem oportunidades de conexão connosco e com o mundo. A rotina e a previsibilidade do dia a dia, por serem passageiras, são relaxantes e reestabelecedoras de energia. E não sendo uma “vida de sonho” é uma parte que faz parte e à qual estamos cada vez mais acostumados.

Ainda assim, avistar terra é motivo de festa e a ansiedade surge calorosa aquando da aproximação. A curiosidade desperta e ouvimos a promessa de novas surpresas e fascinações! Desta vez somos presenteados com o Sri Lanka, antigo Ceilão – para mim mais místico e exótico não há!! Veremos 😉

7 Comments on “1080 milhas da Tailândia ao Sri Lanka

  1. Obrigada pela partilha Joana e Armindo, vivo cada instante as vossas palavas, crescendo cá dentro a vontade de ir também sentir essa experiencia!
    Obrigada!!!
    Bons ventos e disfruten Sri Lanka 🌊❤

  2. Que lindas fotos, que belo texto! Armi do, você passa aos amigos muita emoção. É como se estivéssemos aí no Benyleo! Curtam bastante esse belo lugar com todo esse misticismo. Desfrutem de toda essa maravilha.
    Beijinhos para Beny, Leo, Joana e você.
    Bons ventos e que Nossa Senhora dos Navegantes os acompanhe sempre.

    • Obrigada Sandra, mas sou eu a Joana, que escreve neste blog 😉
      Beijinhos e até um dia, espero eu!

  3. Grande experiência de vida. Que tudo continue a correr muito bem. Felicidades e continuação de boa viagem, família açoriana.

  4. Que bom saber novidades vossas, que tenham uma excelente viagem e divirtam nesta aventura, que Deus vos acompanhe e proteja. Beijinhos

  5. Muito inspiradora essa viagem que estás a fazer. Aproveita Armindo. Levaste prancha???
    Abraços
    Luís Caliço

    • Quantas?! 😉 No Benyleo temos pranhas de surf, de windsurf, de kitesurf, de bodyboard, de aprendizagem, profissionais! podíamos alugar pranchas! lol
      Joana Amen

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.