Cartagena, um pedaçinho da Colômbia!

IMG_1789

Chegamos a Cartagena das Índias num domingo. Tinham-nos dito que a entrada na Colômbia é um pouco complicada – não podemos pôr o pé em terra sem visto, nem para o ir comprar. É necessário pedir para entrar por rádio e esperar que um oficial venha a bordo, talvez por ser domingo não apareceu. No dia seguinte também não. Fomos a terra, ao Clube Náutico de Cartagena. Deram-nos o contacto de David Romero (arroyod511@gmail.com), agente marítimo, o nome inspirou confiança. Numa hora trouxe-nos os passaportes carimbados, free transit!

P1050125 P1050242

Pegamos nas bicicletas e fomos para o centro histórico, emuralhado, do tempo dos piratas e corsários, quando esta importante alfândega era defendida com canhões. Lá dentro, lindas casas coloniais, com buganvílias de todas as cores a saltarem varandas. Nas ruas estreitas, o bater dos cascos dos cavalos que passeiam turistas, museus e monumentos cheios de História, intercalados por sedutoras lojas e restaurantes. É uma cidade turística mas não incomoda, percebe-se porquê – a cada esquina dá vontade de espreitar um pouco mais.  À noite, o calor mantém-se e há música e bailarinos nas praças, encanta! Temos crianças pequenas, recolhemos contrariados…

P1050147

P1050139

P1050136

P1050194

Conhecemos uns espanhóis, de viagem pela América latina, à procura de veleiro para irem para San Blaz, não têm muito tempo, nós sim. Encontraram facilmente outra boleia. Falaram-nos do Vulcão de Lama de Totumo, ficamos curiosos e lá fomos numa excursão turística, pela primeira vez nesta viagem. Vendem que a lama tem propriedades de rejuvenescimento, mas os locais estão gastos pelo tempo e pela pobreza. Impressionou-nos o pequeno espaço da piscina de lama (4mx4m) e a quantidade de gente “em transformação”. A sensação é realmente nova, não se tem pé mas fica-se sempre à tona, tal é a densidade da lama, quente. Comecei a pensar quão favorável deverá ser aquele ambiente à “micro-vida” e nas centenas de pessoas que ali se banham diariamente. Saí um minuto depois de entrar, a correr para um lago, igualmente duvidoso, tomar banho. Ser turista é ás vezes meter o pé na poça, neste caso, foi literal!…

P1050195
P1050197

P1050213
Ao longo da margem do Clube Náutico estende-se o Passeio del Mango, perfeito para um jogging de fim de tarde e as crianças podem escolher entre 4 parques infantis existentes ali perto. Escolhemos ficar uma semana a viver nesta cidade de gente afável e de conversa fácil, onde o regatear faz parte e vale a pena😉

P1050281

A cerca de duas horas de barco chegamos às Islas del Rosário, um arquipélago com mais de 30 ilhotas, com águas transparentes e muitos corais para ver. A tranquilidade de volta. Os pássaros são mais serenos aqui, e nós também!

IMG_0767

IMG_0798

IMG_0816

IMG_0859

 

One Comment on “Cartagena, um pedaçinho da Colômbia!

  1. Já tinha saudades destes relatos. Já devem ter atravessado o Canal do Panamá, fico a aguardar notícias vossas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.